HORA DE CURTIR A VIDA…

Não se pode esquecer que a mãe independente é também mulher. Precisa curtir a vida, sair, paquerar, ser paquerada, ter “dates”, enfim, ir a busca de uma pessoa bacana que te faça feliz para estar ao lado.

O fato de você não ter a ansiedade de buscar na outra pessoa uma promessa de futuro é um alívio profundo para quem vivia numa angústia de achar o cara certo para casar e ter uma família com ele.

É muito bom poder sair, curtir, sair da rotina intensa e, muitas vezes, solitária da maternidade e ter momentos especiais e “calientes”. O melhor dessa fase é saber que você está com alguém porque quer estar e não porque precisa estar. Isso é uma verdade nua e crua e que adorei experimentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *